Notícias
Fita LED iluminada

Fita LED: dicas de uso

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A iluminação, seja residencial ou comercial, cumpre um grande papel na forma como percebemos o ambiente. Quando utilizamos técnicas criativas, é possível transformar qualquer espaço para que reflita o tipo de atmosfera desejada. A fita LED é perfeita para esses casos, porque é um material flexível e que está disponível em cores variadas, ou seja, são ainda mais possibilidades de personalizar o espaço.

Lighting designers, arquitetos e designers de interiores utilizam as fitas LED para acentuar detalhes importantes na decoração, como móveis de cozinha, na borda de quadros e espelhos, prateleiras, dentro de armários, vitrines, pisos e muitos outros lugares que precisam de uma iluminação extra para impactar visualmente. Normalmente utilizada como luz indireta. O segredo para empregar de forma certa uma fita LED é saber qual o tipo mais adequado para cada uso.

Tipos de fita LED

Dependendo do lugar onde será colocada, a fita LED deve ser diferente, já que nem todo tipo irá se adaptar bem. Há quatro elementos fundamentais que devem ser considerados na hora de escolher: a cor, a potência, a cobertura e a quantidade de LEDs por metro. A combinação certa resulta numa iluminação única.

Cor

As diferentes tonalidades de luz branca, medidas em Kelvins, são as utilizadas com mais frequência em projetos residenciais, cujo objetivo é que a fita LED sirva apenas como mais uma fonte de iluminação ou para destacar algum elemento, mantendo a temática mais tradicional. Já quem gosta de uma iluminação mais dinâmica opta pela fita RGB, cuja sigla indica as cores que emite: vermelho, verde e azul (red, green e blue, em inglês).

Essa última é uma excelente opção tanto para estabelecimentos comerciais como para espaços residenciais que procuram iluminar de forma diferente cada ambiente. Um dos principais benefícios desse tipo de fita é que a intensidade e o ritmo podem ser controlados. Então, de acordo com a ocasião, você pode aumentar ou diminuir a quantidade de luz do LED.

Voltagem

Para que as fitas possam funcionar, precisam de um driver, ou seja, uma fonte de alimentação que transforme a tensão da rede elétrica no tipo de energia que o LED precisa. A tensão mínima é 12 volts, mas esse número varia em cada produto. É importante reservar um espaço para a fonte durante a instalação e escolher o tipo certo, dependendo das necessidades da fita.

Cobertura

Dois materiais principais são utilizados para fazer a cobertura de uma fita LED: silicone ou epóxi, uma espécie de plástico. Ambos apresentam resultados positivos, porém, muitos especialistas preferem o silicone porque, ao contrário do segundo, não fica com uma aparência amarelada ou rachada com o passar do tempo.

A recomendação difere de acordo com o espaço onde será colocada a fita. Em ambientes internos com baixa umidade, por exemplo, não é necessário ter proteção contra água ou poeira. Por outro lado, o LED instalado em locais externos como janelas e em sinalizações está sujeito a todos esses fatores, e precisa estar protegido. Nesses casos, o silicone é melhor.

LEDs por metro

É comum achar fitas que tenham 60 LEDs por metro, porém, não há um tamanho ideal estabelecido, já que ele pode ser ajustado às necessidades de cada pessoa. Na fita RGB, por exemplo, podemos cortar a cada três LEDs para obter uma iluminação colorida uniforme.

Vantagens

A fita LED é um dos tipos de iluminação preferidos de todo lighting designer – e não é à toa. Sua alta flexibilidade permite criar um ambiente mais criativo, com possibilidades infinitas de colocação. Mas as vantagens não param por aí:

  • é de fácil instalação, pois possui um adesivo de dupla face;
  • tem baixo consumo de energia, ajudando a economizar na conta de luz;
  • não contribui para o impacto negativo no meio ambiente;
  • a durabilidade é alta, podendo ser utilizada por muitos anos sem a necessidade de ser substituída.

Não há dúvida de que a fita LED é a melhor opção para quem está procurando não só iluminar sua casa ou negócio, mas fazer um projeto de iluminação LED com estilo. Nossos consultores são especialistas em tudo relacionado a LED. Saiba mais sobre esse tipo de iluminação e conheça outras formas incríveis de implementá-la.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente