Notícias
Estacionamento vazio iluminado com tubo led

Diferença entre tubo fluorescente e tubo LED

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um dos tipos de lâmpada mais usados ao redor do mundo é a tubular. Desde que chegou ao mercado no modelo fluorescente, revolucionou a forma como iluminamos escritórios, lojas, garagens e outros espaços. Por muito tempo não existiu um concorrente que pudesse competir com ela, até a chegada do LED.

O novo componente elétrico prometia transformar por completo a iluminação com lâmpadas tubulares, apresentando melhorias na eficiência, performance e até no consumo de energia. Hoje, muitas pessoas ainda ficam na dúvida sobre o funcionamento do tubo LED e se ele realmente é o melhor substituto para a lâmpada fluorescente. Embora ela seja a opção mais tradicional, nós acreditamos que a iluminação do futuro já está aqui, que é o LED.

Consumo

As lâmpadas tubulares são comumente usadas em espaços onde a iluminação é necessária por longos períodos de tempo.Por isso, um dos fatores mais importantes para os gestores desses estabelecimentos, na hora de escolher o tipo de lâmpada mais adequado, é o consumo.

A diferença entre os tubos LED e os fluorescentes é significativa, embora não seja aparente ao comparar o consumo de apenas uma lâmpada. Porém, ao fazer o cálculo considerando o número total delas, o consumo de energia das fluorescentes pode até dobrar.

Isso está diretamente relacionado à economia na conta de luz. Dependendo do tipo de LED implementado, a economia pode incluir o custo não só da energia, mas também operacional. O payback para um projeto que utilize as lâmpadas 24 horas por dia, por exemplo, pode ser ainda melhor.

Impacto ambiental

Grandes espaços têm o potencial de produzir uma grande quantidade de poluição, por isso, hoje, uma das principais prioridades no planejamento de qualquer projeto de grande escala é ter o mínimo impacto ambiental. As lâmpadas fluorescentes têm na sua composição o mercúrio, metal que apresenta um grande perigo para a saúde das pessoas e do meio ambiente. Já o LED é um equipamento eletrônico e não precisa de nenhum gás para funcionar, apenas uma fonte de energia.

Eficiência

Sem dúvida, as lâmpadas fluorescentes produzem luz suficiente para iluminar o ambiente desejado, por isso ainda são muito usadas atualmente. Porém, a forma como elas usam a energia que recebem não é totalmente eficaz, pois uma grande porcentagem é direcionada à produção de calor, enquanto o LED oferece uma eficiência mais linear ao transformar energia em luz.

A quantidade de lúmens por Watt é outro diferencial na eficiência das lâmpadas. Como exemplo, podemos comparar uma fluorescente que oferece 1800lm/32W e um LED de 1900lm/18W. O tubo LED oferece o dobro de eficiência.

Outros benefícios do tubo LED

  • Liga de forma instantânea;
  • não necessita de reatores, consumindo menos energia;
  • diferentemente das fluorescentes, não emite raios ultravioletas e infravermelhos;
  • pode ter até 50.000 horas de vida útil, diminuindo a necessidade de manutenção;
  • é feito de material resistente, podendo resistir a golpes e vibrações;
  • sua intensidade pode ser controlada;
  • abre a possibilidade de implementar sensores.

Na PD LED acreditamos que seu negócio, galpão, indústria, estacionamento ou outro, merece ter o melhor projeto de iluminação LED. Não há outro tipo de lâmpada que ofereça tantos benefícios quanto ele. Entre em contato com nossos consultores e experimente a iluminação do futuro.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente