Notícias
Mão masculina segura lâmpada de LED em um fundo azul | 4 mitos e verdades sobre a lâmpada LED que você precisa saber

4 mitos e verdades sobre a lâmpada LED que você precisa saber

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A lâmpada LED está cada vez mais presente nos lares brasileiros. O que a princípio era uma opção do consumidor, passou a virar tendência em meados de 2015. O principal motivo foi a busca por economia. Além disso, passou a ser um pouco mais barato comprar uma lâmpada LED. A popularização e alguns avanços tecnológicos conseguiram baratear seu custo de produção.

A partir do momento em que ela passou a ter um custo mais acessível, caiu de vez no gosto das pessoas. As vantagens da lâmpada LED sempre foram conhecidas, em especial, a redução na conta de luz.

Muitas outras informações são associadas ao LED. Neste artigo, vamos desvendar alguns mitos e confirmar algumas verdades. Vejamos a seguir.

Lâmpada LED não queima

MITO. Além da redução no consumo de energia, outra grande vantagem do LED é a vida útil da lâmpada, que é bem maior do que das fluorescentes e incandescentes. Mas quem afirma que elas não queimam, está enganado. Em caso de sobrecarga de tensão ou aumento da temperatura, ela pode, sim, queimar.

Também é preciso levar em consideração a qualidade do produto. Até janeiro de 2018, só algumas lâmpadas LED precisavam da certificação do Inmetro. Agora, a obrigação é para todos os modelos. Mas ainda é bom ficar atento!

Lâmpadas LED duram mais

VERDADE. Essa é uma das vantagens inquestionáveis desse tipo de lâmpada e seu surgimento está intimamente relacionado a isso. Medir a vida útil de uma lâmpada LED não é uma tarefa simples, mas os principais fabricantes vendem produtos com a promessa de durar de 25 mil a 50 mil horas.

Algumas delas podem chegar a 100 mil horas. Incandescentes costumam durar 750 horas. Fluorescentes, 8 mil. A grande questão em torno da durabilidade do LED é que ele não mantém a mesma qualidade em todas essas horas. Ele perde a intensidade com o tempo. Ou seja, em alguns casos, é possível que ele se inutilize mesmo antes desse prazo estipulado.

Lâmpada LED é mais cara

VERDADE. Toda essa vida útil tem um preço e ele ainda é bem mais alto do que das demais lâmpadas. Nos últimos anos, no entanto, com a grande difusão do produto, a indústria já foi capaz de barateá-lo. Entre 2015 e 2016, por exemplo, o número de lâmpadas vendidas no Brasil subiu de 27 milhões para 81 milhões.

Ainda assim, a diferença de preço entre um LED e uma equivalente fluorescente pode ser de mais de 100%. Há, no entanto, diversas opções mais baratas. Além disso, essa diferença é altamente compensatória a longo prazo por conta da economia nos custos com energia elétrica e da alta durabilidade das lâmpadas.

Lâmpada LED só ilumina lugares pequenos

MITO. Os primeiros modelos de lâmpadas LED surgiram em luminárias. A tecnologia ainda engatinhava e era usada para iluminar pontos específicos. Hoje em dia isso mudou. Sua luminosidade é suficiente para o uso residencial, mas vai além. Com a tecnologia Power LED, essas lâmpadas produzem robustos feixes de luz. Galpões, ginásios e até estádios de futebol já são iluminados inteiramente com elas.

Iluminação com lâmpada LED é na PD LED

Mitos ou verdades, as vantagens de ter uma iluminação em LED são inquestionáveis. Cada vez, vale mais a pena trocar suas lâmpadas por modelos mais econômicos e com maior durabilidade. A PD LED trabalha com projetos residenciais, comerciais e industriais. Conheça os nossos diferentes tipos de projeto de iluminação.

Deixe um comentário!

0 Comentários

Comente